Imagem capa - Meu parto: a experiência real X o planejado por Patricia
Maternidade

Meu parto: a experiência real X o planejado



15 de março de 2017, pra sempre estará em minha memória. Em minha história.

Nem tudo saiu como havia planejado. Assim, como tudo na vida, idealizei o meu parto. Mas, infelizmente, uma hemorragia me levou a uma cesárea emergencial, minutos depois de chegar à maternidade com seis dedos de dilatação. Eu não tinha ideia da gravidade.

 

Havia me preparado para um parto natural. Li livros, ouvi palestras, assisti documentários, depoimentos, e, sobretudo, conversei muito com vários profissionais da área da saúde. Não era nenhuma neurótica, sabia – e sei – que uma cesariana salva vidas. E foi exatamente isso que aconteceu comigo e com a minha filha. Contudo, senti muito por não ter conseguido vivenciar o meu plano de parto, porque por mais que eu tivesse que me submeter a uma cirurgia eu queria que fosse o mais humanizado. Tudo aconteceu tão rápido, que nem pude ter o meu marido do meu lado, segurando a minha mão, me apoiando no momento de muito medo. Sim, tive medo da anestesia. Em menos de 40 minutos, que eu havia chegado na maternidade, já ouvi o chorinho da Lívia. Infelizmente, não a peguei no colo, tampouco, a amamentei no primeiro minuto de vida, como tinha sonhado.

 

O primeiro encontro com a minha pequena demorou e quando a vi foi muito rápido. Ficamos separadas por mais ou menos sete horas. Minha pressão caiu muito. Perdi muito sangue. Quando fui para o quarto, ainda fraca, só queria abraça-la, e esquecer a frustração de não ter tido um parto que eu queria. Levei algumas semanas para aceitar essa experiência. Mas, a vida é assim, há intercorrências e temos de estar prontas para enfrentá-las. O mais importante é ver a beleza de cada experiência. E a beleza da minha é ter a minha pequena comigo: linda, forte e saudável!

 

E você, gestante, já pensou no seu parto? Mesmo com os possíveis imprevistos é importante estar bem informada e empoderada para este momento que é tão especial. Por isso, nos posts a seguir, falaremos um pouco sobre os tipos de partos, informações relevantes e os mitos e verdades sobre o parto normal.


Texto: Ana Paula Mendes